O que é e qual a importância da usinagem?

Início » O que é e qual a importância da usinagem?
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Em indústrias de todo o mundo, a usinagem desempenha importantes funções, principalmente em relação à elaboração de peças com finalidades distintas.

O processo de usinagem é o que torna capaz a transformação de matéria-prima em peças funcionais, para os mais diversos segmentos industriais.

Assim, considerando a importância deste processo, elaborámos um artigo que explica o que é e como a usinagem impacta o mercado.

Usinagem: Saiba como funciona e qual a importância deste processo para as indústrias

A usinagem atual é considerada a forma mais eficiente de fundição. Ou seja, o processo de transformar matérias líquidas que passam por moldes específicos para a sua conformação.

Ainda, dentro dela, se encontra o processo de extrusão, que transforma peças em formatos variados a partir de projeções computadorizadas.

Em relação a estes dois processos, a usinagem é subdividida tendo em conta etapas e ferramentas envolvidas na transformação da matéria-prima.

Os metais que podem ser transformados através deste sistema são: o ferro fundido, o aço inox, o bronze, o cobre, o plástico, o latão e o alumínio.

1 – Os tipos de processos de usinagem

A usinagem é dividida em diferentes processos, de acordo com o resultado final desejado para a peça. De entre os principais, podemos destacar:

Torneamento: processo que cria formas geométricas em peças com o uso de um torno mecânico, enquanto o fresamento insere engrenagens em peças.

Fresamento: é um processo de usinagem para criar engrenagens e estriados através de uma máquina de fresa caracol.

Aplainamento: realiza cortes com movimentos alternados na peça e a furação realiza furos diversos em peças.

Furação: tem por objetivo abrir, alargar ou acabar furos em peças.

Mandrilamento: alarga os furos já realizados de acordo com o propósito da peça.

Brochamento: consiste em remover material da superfície de uma peça, de forma progressiva, pela ação ordenada dos fios de corte, dispostos em série, de ferramentas multicortantes.

Roscamento: o roscamento realiza a inserção de roscas que proporcionam firmeza na finalização das peças.

Considerando todos os processos que fazem parte da usinagem de peças seriadas, torna-se possível a confecção de materiais em acabamentos variados, assim como formatos e aplicações para diversos tipos de indústrias.

2 – A importância da usinagem

A maior parte de todos os produtos industrializados, em alguma das suas etapas de produção, sofre algum processo de usinagem.

Assim, através deste processo, a produção industrial é otimizada. O sistema de conformação de metais moderno possibilita a obtenção de peças devidamente tratadas, minimizando a necessidade de grandes finalizações posteriores.

Com o auxílio de máquinas sofisticadas e ferramentas especializadas, os profissionais que atuam em empresas de deste segmento acompanham todos os processos, analisando-os e assegurando que tudo está em perfeito funcionamento.

Neste sentido, alguns dos benefícios nas peças obtidas através da usinagem são:

  • Longa resistência e materiais duráveis;
  • Descarte correto de resíduos dos materiais;
  • Alta qualidade e resistência de peças usinadas.

3 – Máquinas mais utilizadas

Alguns tipos de máquinas especificas são utilizadas para que o processo de usinagem seja possível. Veja de seguida as mais comuns:

  • Fresadoras CNC;
  • Torno mecânico;
  • Torno CNC;
  • Retífica cilíndrica;
  • Máquina de corte a laser;
  • Máquina de corte a seco;
  • Centro de usinagem.

Estas máquinas são responsáveis por fazer com que o processo aconteça de forma mais rápida e precisa.

A usinagem está presente em praticamente todos os processos de produção das principais indústrias, como automotiva, naval, aeroespacial, eletrónica e electrodomésticos.

Por isso ela é de extrema importância para a manutenção da produção em série das principais indústrias da atualidade.