4 dicas para o uso de estruturas metálicas na construção residencial

Início » 4 dicas para o uso de estruturas metálicas na construção residencial
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Já considerou utilizar estruturas metálicas na sua casa? Estes elementos encaixam em diversos projetos e criam soluções para construir, remodelar e, até mesmo, expandir o espaço útil em imóveis.

Contudo, para que sejam utilizados de forma adequada é preciso ter alguns cuidados.

No artigo de hoje trazemos 4 dicas para que não tenha problemas antes, durante ou depois de usar estruturas metálicas na sua obra.

Estruturas metálicas: Vai utilizá-las na sua obra? Então não deixe de seguir estes cuidados

Construir edifícios com estruturas metálicas gera muitos benefícios para uma obra. Isto porque, além de resistentes, estes elementos geram economia de despesas e tempo.

As peças são fabricadas de acordo com as particularidades do projeto. Assim evita desperdícios e acúmulos de material não utilizado e ainda reduz o prazo de execução das obras.

O uso de estruturas metálicas nas construções residenciais também aumenta a flexibilidade para futuras remodelações ou ampliações.

A depender do modo de uso, as peças também podem favorecer esteticamente uma construção.

Isso porque os metais podem ser utilizados para dar acabamento interno ou externo nas edificações. Mas não só. Podem ainda servir de objetos de decoração, portas, pisos e outros.

Alguns modelos também possuem propriedades térmicas e acústicas, unindo as funcionalidades em apenas uma estrutura.

Soma-se a isso a maior qualidade construtiva, já que as estruturas metálicas passam por um rigoroso controlo de inspeção do material.

Para aproveitar todos estes benefícios, é importante considerar alguns cuidados. Conheça-os de seguida!

1 – Contratação de mão de obra especializada

É fundamental trabalhar com profissionais qualificados e experientes em construções que utilizam estruturas metálicas.

Isso porque sem o preparo adequado, as peças podem danificar-se e comprometer todo o andamento da obra.

Além disso, é necessário conhecimento técnico para garantir a segurança da estrutura quando as peças forem soldadas, por exemplo. Tudo deve ser feito de forma correta e com muita precisão.

2 – Desenvolver projetos compatíveis

Ao optar pelas estruturas metálicas para construções residenciais, é preciso que o projeto seja compatível com o uso deste material.

Por isso, consulte um arquiteto ou engenheiro com experiência no uso destas estruturas. Assim terá o máximo proveito de todos os benefícios que elas oferecem.

Como dito anteriormente, as peças são fabricadas de acordo com as características do projeto, com base nas informações criadas para a construção. Portanto, invista em um bom projeto e desfrute de uma estrutura económica segura e eficiente.

3 – Realizar a manutenção preventiva

As estruturas metálicas são muito resistentes. Elas garantem a segurança da casa e previnem problemas que possam aparecer com o tempo.

Contudo, como qualquer outro material, elas necessitam de manutenções preventivas. Assim, é preciso realizar inspeções periódicas. Se detetar algum problema, como corrosões ou vazamentos, entre em contacto com um profissional.

Antes de construir, solicite um manual ao projetista ou ao fabricante das estruturas, indicando os pontos de inspeção necessários e todas as características técnicas das peças.

4 – Tenha fornecedores de confiança

Para garantir a qualidade das estruturas metálicas na sua casa, contrate uma empresa de confiança.

Avalie a experiência e tempo de mercado da empresa, o custo-benefício oferecido, os prazos de fabricação e entrega das peças, e, se possível, procure recomendações de outros clientes.

Lembre-se que o preço não deve ser utilizado como único parâmetro de escolha. Contrate uma empresa de qualidade e que cumpra com todos os prazos acertados durante a negociação.

Ao utilizar as estruturas metálicas numa obra, tenha estes cuidados em mente para garantir que o resultado esteja de acordo com o que imaginou!